A Grande Senhora

Estamos no mês em que celebramos a chegada do homem à Lua e a exploração espacial. Por isso, gostaria de reservar este espaço hoje para conversarmos sobre uma outra faceta da Lua, aquela faceta divina que esta representa.

A Lua representa a Deusa, Mãe Universal, rainha da fertilidade, sabedoria e amor. É figurada em três aspectos: Donzela, no quarto crescente; Mãe, na Lua cheia; e Anciã, no quarto minguante. Acompanhamos todas as fases da vida e do crescimento da Deusa quando olhamos para o céu e vemos o satélite, brilhando em suas várias matizes.

Deusa Tripla

Esta evolução por estádios, cíclica e repetitiva, recorda-nos que a Deusa nos dá a vida como um presente emprestado, dado como promessa de morte. E esta não se trata de uma transição para algo maior, melhor ou sobrenatural, mas sim um repouso da existência física.

Podemos representar a Lua e a Deusa por muitos outros objectos, que podemos ter no nosso altar pessoal ou carregar connosco como amuleto. São eles, por exemplo, o caldeirão, a taça, o machado, flores, o espelho, etc. Quando sei que vou a lugares onde possa estar pouco confiante e nervosa levo um colar com um pequeno espelho: assim, sei que a Grande Senhora me protegerá, reflectindo as más energias.

Esta figura mística é a encarnação tanto do belo como do obscuro da natureza. Assim, reconhecemos os seus aspectos, negros ou claros. É a caçadora, a mãe, a tecelã da vida e da morte.

Omnipresente, imutável, eterna. Assim é a nossa Lua. Assim é a nossa Deusa.

Figura da Deusa Tripla

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s