A Magia da Cerveja!

Desde tempos imemoriais que, em todas as práticas, o ritual da alimentação faz parte das nossas vidas. Desde a partilha do alimento com a família até à partilha do alimento com os deuses. Com isso lembrei-me da partilha da bebida, o ritual dionisíaco do beber em conjunto. E pensei… “Se calhar, até estar no café a beber imperiais pode ser mágico!”

Conhecida desde o Antigo Egipto, sempre foi utilizada de forma ritualística. Desde a própria fermentação da cerveja, transformação da vida por meio da própria vida (essas leveduras microscópicas que apuram o sabor e a textura), até a libertação de energia para o mundo através de oferendas a deidades, podemos utilizar a cerveja das mais variadas formas na nossa prática.

Egipto Cerveja 1

Normalmente, existe sempre um momento de refeição num ritual, sobretudo naqueles de covens e outros conjuntos. Pode ser uma cerimónia no final do ritual ou do fechar de um círculo, tal como pode ser mesmo no início das hostilidades. No fundo, trata-se de um momento de reverência aos deuses, que ajuda na comunicação dos nossos sentimentos e intimidades.

Com uma forte ligação ao elemento fogo, pode ser utilizada em rituais de purificação. Muito importante como oferenda às deidades egípcias (afinal, é-lhes atribuído o conhecimento original da fermentação da cerveja!), é também um bom sinal nos sonhos, com significados de alegria e prolongamento da vida.

Encontrei um velho feitiço egípcio que vou partilhar aqui! Depois voltarei para falar dos resultados!

Egipto Cerveja 2Banho de Cerveja para remover mau-olhado e maldições

Materiais:

  • Lata de cerveja
  • Sal
    (pode ser alterado em proporção à água utilizada)

Procedimento:

  1. Adicionar ¼ de cerveja para meia banheira de água morna
  2. Adicionar uma colher de chá de sal
  3. Mexer no sentido dos ponteiros do relógio até misturar
  4. Imergir na solução, completamente, várias vezes (*)
  5. Deitar água sobre nós próprios, sentados, por seis a sete minutos, e enxaguar
  6. Ir dormir imediatamente e orar aos nossos deuses

(*) Para utilizadores de poliban, criei uma variação: com uma toalha, lavar o corpo por 3 a 6 minutos com a solução; depois, deixar cair água, com um copo, pela cabeça por seis a sete minutos. Enxaguar.

Estariam interessados em saber o resultado desta experiência? Mantenham-se atentos, pois novas coisas daqui virão!

Uma opinião sobre “A Magia da Cerveja!

  1. …complicado dar um “GOSTO”…. ________________________________ De: BICHOLUA – Ler e Escrever com Carolina V. Enviado: sábado, 3 de novembro de 2018 23:46 Para: gediaovargas@hotmail.com Assunto: [New post] A Magia da Cerveja!

    bicholua posted: “Desde tempos imemoriais que, em todas as práticas, o ritual da alimentação faz parte das nossas vidas. Desde a partilha do alimento com a família até à partilha do alimento com os deuses. Com isso lembrei-me da partilha da bebida, o ritual dionisíaco do b”

    Gostar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s