Regar e por ao luar

Mário Luís Baltazar - Manjerico

No outro dia vi um post muito curioso, sobre o Manjerico. O Manjerico é um boi. Vive na Lourinhã, com o seu dono e sua família. O Manjerico é um boi, mas é um menino muito bom. O seu dono, o Sr. Mário, ensinou-lhe uma série de coisas e, por isso, pode ir com ele em cima passear à praia. Sabe sentar, sabe vir quando o chamam e sabe até dar a sua patinha cascuda ao pedido.

O Manjerico é um boi, mas parece ser também um muito bom menino.

Por isso, fiquei muito triste ao ler os comentários acusando o animal de ser uma besta perigosa e mal-cheirosa. Também fiquei triste com os comentários acusando o Sr. Mário de provocar o sofrimento animal e de submeter o menino a abusos.

Fico com pena porque acho que, para um boi, para um Manjerico, é preferível ser amado desta maneira a ser apenas mais um pedaço de carne, pingando num gancho de matadouro, à espera de ser processado em hambúrgueres congelados que serão comidos por alguém que nunca o conheceu.

Qual a felicidade de um boi? Pelo pouco que conheço desta espécie, acho que é simples. Comer, ruminar. Passear e cheirar as plantas. Sentir a luz do sol. Se um boi pode fazer isso, sinto-me bem por ele.

Uma opinião sobre “Regar e por ao luar

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s