A Importância de Votar

Vote Nov. 6Agora são as fatídicas eleições do meu segundo país. Ao escrever este texto, ainda não sei previsões, especulações ou resultados. Aguardo o dia ficar ao rubro e assistir ao desmoronar de uma civilização.

No entanto, hoje gostaria de falar de um elemento muito importante nestas e noutra eleições, especialmente relevante em países como Portugal – em que o voto é um direito, mas opcional. Um dos grandes flagelos eleitorais é a abstenção. O acto de não ir votar.

Não ir votar é um direito igual ao de ir votar. Pode haver muitas razões incontornáveis, como já me aconteceu. Pode haver situações que até poderiam ser contornáveis. Também já me aconteceu. O importante não é encontrar as razões, mas sim ir lá e votar. Já diziam os outros: “Se tu não decidires, alguém decide por ti”.

Mas não nos podermos esquecer de uma coisa igualmente importante: saber em quem votar. O voto branco e o voto nulo vão apenas para a maioria. É um manifesto válido aparecer para dizer NÃO! Mas devemos gritar votando em quem acreditamos. Porque se não votamos em ninguém, podemos estar a contribuir para a eleição de algo terrível.

Neste momento, só posso aguardar pelo melhor desfecho. Como o cavaleiro brilhando, olhos vagueando na planície, brindo à sorte nas batalhas.

Alea jacta est

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s